Arquivo de Tag: Arroz Codil

Arroz queimado? Não se desespere.

23 jun

Deixou o arroz queimar?

 

Deixou o arroz queimar?
Os convidados já estão chegando? Não se desespere!

Abaixo você confere duas dicas simples e super eficazes que irão salvar você dessa tragédia.

1ª dica – Pão

Desligue o fogo e retire a panela do fogão;

Coloque meio pão francês ou pão de forma dentro da panela e tampe, deixando agir por 20 minutos.

O pão irá absorver o sabor e o aroma do arroz quimado.

Transfira o arroz que não está queimado para outra panela, sem raspar o fundo, e pronto!

2ª dica – Cebola

Desligue o fogo e retire a panela do fogão;

Corte uma cebola ao meio e coloque dentro do arroz queimado por alguns minutos;

Transfira o arroz para outra vasilha sem retirar o fundo que queimou.

A cebola tira todo cheiro de queimado e ainda deixa um aroma maravilhoso.

Importante!

Nunca tente retirar o sabor de queimado adicionando água, pois isso só irá espalhar o gosto por todo o arroz.

Origem da Ceia de Natal

19 dez

arroz-de-natal

 

Oi, gente linda!

Ah, o Natal! Uma das épocas mais gostosas do ano, seja por estar com a família, seja pelos presentes, mas, principalmente pelas delícias da Ceia. Mas você já se perguntou sobre a origem da Ceia de Natal? A gente explica!

A Ceia de Natal vem do costume europeu de deixar as portas das residências abertas para receber viajantes e peregrinos no dia do Natal. Estes viajantes se juntavam às famílias hospedeiras e comemoravam a data. Na ocasião, preparava-se bastante comida, com diversos pratos. A tradição foi se espalhando pelo mundo e cada país adicionou uma característica à festa.

No Brasil, os principais pratos da Ceia de Natal são: Peru, Leitão, Arroz, Farofa, Castanhas, Nozes, Salada Tropical, Frutas, Bolinhos de Bacalhau, Vinhos e Champagne.

A receita de hoje, é inclusive um Arroz Especial de Natal para caprichar na ceia deste ano.

INGREDIENTES

  • 5 xícaras (chá) de Arroz Codil cozido com óleo, sal e cebola
  • 1 collher (sopa) margarina
  • 200g de ameixa preta sem caroço picada
  • 2 cenouras picadas
  • 200g de uva passa sem caroço
  • 50g de damasco picado
  • 2 maçãs verde picadas

EM OUTRA PANELA

  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 cebola ralada
  • 1/2 kg de tomate sem pele e sem semente
  • 1 vidro de palmito 400g
  • 1 lata de ervilha
  • 100g de azeitonas verde picadas
  • 200g de presunto em tirinhas
  • cheiro verde a gosto
  • sal a gosto

PARA COBRIR

  • 250 g de mussarela ou 200 g de provolone.

MODO DE PREPARO

  • Cozinhe o Arroz Codil de forma convencional só com cebola, sal e óleo (sem utilizar alho), reserve;
  • Refogue na margarina a ameixa, a cenoura, a uva passa, o damasco e a maçã tudo devidamente picado(não utilize sal);
  • Reserve;
  • Em outra panela refogue no óleo a cebola, os tomates, o palmito, a ervilha, as azeitonas (esses primeiros picados) e o presunto cortado em tiras finas, desligue o fogo e acrescente o cheiro verde;
  • Numa refratária faça camadas iniciando pelo arroz, depois o recheio de frutas, o recheio salgado, o arroz, recheio de frutas e continua até terminar as camadas;
  • Coloque o queijo (mussarela ou provolone, ou até os dois misturados) ralado grosso sobre o arroz, leve ao forno para derreter o queijo.

Receita Baião de Dois

12 dez

baiao

 

Oi, gente linda!

Um prato que leva a dupla feijão com arroz não pode ficar de fora de nosso blog. A receita de hoje é o Baião de Dois, um prato que teve origem no nordeste, mais especificamente no Ceará, nos tempos de grandes dificuldades com as secas, quando a comida era escassa e nada podia ser desperdiçado. Então, o nordestino, muito criativo, uniu as sobras da cozinha, o arroz e o feijão com carne seca e queijo coalho e assim surgiu a receita de hoje.

INGREDIENTES

Para o baião

  • 500 g de carne-seca
  • 1 xícara (chá) de Feijão Codil
  • 1 xícara (chá) de Arroz Codil
  • 1/2 cebola picada fino
  • 1 colher (sopa) de azeite (ou óleo)
  • 1/2 colher (chá) de sal
  • 1 folha de louro

Para o refogado

  • 200 g de queijo de coalho em peça
  • 70 g de bacon em cubos
  • 1 cebola roxa
  • 2 dentes de alho
  • 2 colheres (sopa) de manteiga de garrafa (ou a gordura que preferir, como manteiga, azeite ou óleo)
  • 3 talos de cebolinha fatiada
  • folhas de coentro a gosto
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

MODO DE PREPARO

Do baião

  • Corte a carne-seca em cubos grandes de cerca de 7 cm – este tamanho é ideal para dessalgar a carne sem tirar completamente o sal e também para desfiar de um tamanho uniforme. Coloque numa tigela e lave em água corrente;
  • Cubra os cubos de carne com 5 xícaras (chá) de água fria. Cubra a tigela com um prato (ou filme) e deixe na geladeira por 24 horas – troque a água pelo menos uma vez durante este período;
  • Escorra a água e transfira a carne para a panela de pressão. Complete com água até a metade da panela, tampe e leve ao fogo médio. Assim que a panela começar a apitar, diminua o fogo e deixe cozinhar por 20 minutos. Desligue o fogo e espere toda a pressão sair antes de abrir (você pode colocar um garfo sob a válvula par acelerar o processo, mas isso encurta o tempo de vida da panela);
  • Despreze a água do cozimento, junte o feijão e repita o passo anterior, mas dessa vez deixe cozinhar por apenas 10 minutos. Atenção: o feijão não pode cozinhar demais e desmanchar. Após os 10 minutos de cozimento, desligue o fogo e, com um garfo, levante a válvula para tirar a pressão da panela;
  • Com uma pinça, transfira os cubos de carne para um prato e desfie com dois garfos – descarte os pedaços maiores de gordura. Sobre uma tigela, passe o feijão por uma peneira e reserve a água do cozimento;
  • Leve ao fogo médio uma panela média. Quando aquecer, regue com o azeite e acrescente a cebola. Tempere com o sal e refogue por cerca de 2 minutos, até murchar. Acrescente o arroz e mexa bem por cerca de 1 minuto para envolver todos os grãos com o azeite;
  • Meça 2 xícaras (chá) da água do cozimento reservada e regue sobre o arroz. Junte a folha de louro, misture e deixe cozinhar em fogo médio. Assim que a água começar a secar e atingir o mesmo nível do arroz, diminua o fogo e tampe parcialmente a panela. Deixe cozinhar até o arroz absorver toda a água – para verificar, fure o arroz com um garfo e afaste alguns grãos do fundo da panela;
  • Desligue o fogo e mantenha a panela tampada por 5 minutos para que os grãos terminem de cozinhar no próprio vapor. Enquanto isso, prepare o refogado.

Do refogado

  • Descasque e pique fino a cebola e o alho. Corte o queijo de coalho em cubos de 1 cm;
  • Leve ao fogo médio uma frigideira grande, de preferência antiaderente. Quando aquecer, acrescente 1 colher (sopa) de manteiga de garrafa e junte os cubinhos de queijo. Deixe por cerca de 2 minutos, até descolar do fundo, e mexa com a espátula para dourar por igual. Transfira para uma tigela e reserve;
  • Mantenha a frigideira em fogo médio e adicione o restante da manteiga de garrafa. Acrescente a cebola e refogue até murchar. Junte os cubos de bacon e deixe cozinhar, mexendo de vez em quando, até começar a dourar. Adicione o alho e mexa por mais 1 minuto;
  • Adicione a carne-seca desfiada e mexa por cerca de 2 minutos para aquecer. Acrescente 1/2 xícara (chá) da água do cozimento reservada e misture bem – isso vai deixar o baião de dois mais molhadinho. Desligue o fogo, junte o feijão e misture bem;
  • Abra a panela do arroz, solte os grãos com um garfo e transfira para a frigideira com o refogado. Misture bem, prove e acerte o sal e a pimenta. Junte os cubinhos de queijo dourados e a cebolinha. Misture e finalize com folhas de coentro. Sirva a seguir com molho lambão.

Receita Arroz Branco Codil com Brócolis

21 nov

 

Oi, gente linda!

Hoje é dia de receita simples, gostosa e nutritiva! Êbaaa!

Vamos aprender a fazer Arroz Branco Codil com Brócolis?

INGREDIENTES

  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva;
  • 2 xícaras de água;
  • sal a gosto.

MODO DE PREPARO

  • Prepare um refogado em azeite com a cebola e o alho picados;
  • Quando estiverem dourados, acrescente o arroz e deixe fritar um pouco, mexendo;
  • Adicione água ao arroz e tempere com sal;
  • Deixe cozinhar em fogo médio;
  • Corte o maço de brócolis em buquês, lave e pique;
  • Acrescente ao arroz quando este estiver meio cozido (5 a 10 minutos após ter adicionado a água);
  • Sirva assim que o arroz estiver pronto e os brócolis ainda estiverem um pouco durinhos.

Bom apetite!

Preparo Gohan – Arroz Tradicional Japonês

31 out

arroz-sushi

 

Oi, gente linda!

Agora que não há segredo para ninguém, tá na hora de testar a novidade Arroz Codil Oriental! 

A receitinha de hoje é o Gohan. Para quem ainda não conhece, o Gohan não é apenas o filho do Goku de Dragon Ball… O Gohan representa o que há de mais essencial na culinária japonesa. Lá, o arroz é um alimento de grande importância cultural. Por séculos ele foi usado como moeda no japão, os salários dos samurais eram pagos com arroz e a riqueza dos senhores feudais era calculada por seus estoques do produto. Ainda hoje os lutadores de sumô são premiados simbolicamente com grãos de arroz e sua palha é considerada sagrada, sendo usada para fazer cordas e demarcar locais, árvores e pedras onde acredita-se que haja uma divindade.

Agora aprenda a fazer essa delícia!

MODO DE PREPARO

  • Para 2 porções, coloque 1 xícara (chá) de arroz (200g) em uma panela de tamanho médio e lave rapidamente, sem quebrar os grãos;
  • Escorra a água, acrescente 1 xícara e meia (chá) de água fria (300ml) e deixe de molho por 15 minutos ou até que os grãos fiquem brancos e opacos;
  • Leve ao fogo alto, com a panela tampada, até o ponto de fervura;
  • Abaixe a chama e cozinhe por mais 10 minutos, sem destampar a panela;
  • Apague o fogo e deixe descansar tampado por mais 10 minutos antes de servir.

 

Página 1 de 3123